• Preto Ícone Instagram

Todos os direitos reservados | © 2019 Aquele Blog de Viagens

QUAIS TEMPLOS VISITAR EM CHIANG MAI

19 Jun 2017

Chiang Mai me surpreendeu. Sempre achei que fosse gostar de lá mas acabei gostando muito mais. Apesar de ser um grande ponto cultural e religioso da Tailândia, emana uma vibe de cidade do interior e bem mais tranquila se compararmos com a loucura de Bangkok. A antiga capital do Reino Lanna tem uma energia indescritível e o número de passeios e coisas pra fazer é enorme (aulas de culinária, visitas aos templos, trekking...), pra todo tipo de viajante. 

 

 

Chiang Mai está repleta de templos, conhecidos como 'wats'. Cada templo é diferente - uns ostentosos decorados de prata e ouro, outros simples de madeira - mas todos muito bonitos e com uma cultura muito rica. Você percebe que são lugares não só de devoção mas onde a comunidade realmente se reune e torna o lugar vivo. A maioria dos templos fica na cidade velha, dentro do perímetro murado. Se você estiver hospedado lá dentro ou no entorno, é muito fácil visitar a maioria deles a pé.

 

Wat Chiang Man foi o primeiro templo que visitamos. É o templo  mais antigo da cidade (construído por volta de 1296) e é casa da mais antiga imagem de Buda feita durante o Reino Lanna. Para nossa surpresa estava super vazio e não parece ser um ponto turístico muito disputado. Por não ter tantos turistas, foi um dos lugares mais impressionantes de se visitar. Não tem taxa pra entrar mas é recomendável deixar uma doação para o funcionamento do templo.

 

Wat Phra That Doi Suthep fica nas montanhas e a cerca de 40 minutos do centro da cidade. A vista de lá é incrível, mas se prepare para dividir o espaço com hordas e hordas de turistas e subir a escadaria de 306 degraus. Para chegar lá pegamos um Songthaew (um tuk tuk que cabem até 8 pessoas) e fechamos com o motoristas de ficarmos 3h por lá e ele esperaria por nós para descer (saiu em torno de 600 baht). A região de Doi Suthep tem muito mais além do templo principal, mas infelizmente não pudemos ver tudo. Para entrar no templo é necessário pagar uma taxa de 30 baht.

 

 

Wat Chedi Luang foi o templo onde originalmente ficava o famoso Buda de Esmeralda (agora em Bangkok). No mesmo local dá pra visitar muitos outros templos também. Apesar de ter alguns turistas, foi uma visita muito tranquila. Lá também tem um programa em que você pode conversar com um monge (Monk Chat Club), perguntar como é a vida dele e em troca compartilhar como é a sua vida. Para entrar no complexo é necessário pagar uma taxa de 40 baht.

 

Wat Phra Singh fica no final da Rachadamnoen Road (sentido portão oeste), super fácil de chegar. É o templo mais venerado pelos locais em Chiang Mai e muitos vem de longe para ver a famosa estátua de Buda Phra Singh (ou Lion Buddha). Não tem taxa pra entrar mas é recomendável deixar uma doação para o funcionamento do templo.

 

 

  

É possível encontrar milhares de Songthaews e eles param constantemente para oferecer passeios. Mas caminhar por Chiang Mai, especialmente perto dos muros da cidade velha, é incrível. Tem muita coisa pra se ver e acho que andando capturamos detalhes da cultura que muitas vezes passam despercebidos se olharmos pela janela do carro.

 

  

Mesmo se você estiver lá por poucos dias ou fazendo um visita mais longa, nunca parecerá o suficiente e logo vai estar planejando visitar Chiang Mai de novo, como nós :)

Compartilhar
Compartilhar
Pin it!
Amei!
Please reload

BUSQUE NO SITE
MAIS PESQUISADOS
1
2
3
4
5